Stress Ocupacional e Burnout

Stress Ocupacional e Burnout

  • O stress ocupacional geralmente acontece no espaço de trabalho do indivíduo, podendo provocar à pessoa uma instabilidade física e psíquica intensa e continuada. Pode ser provocado por diversos motivos: pressão no trabalho, longas horas de trabalho, descontentamento com o trabalho, relacionamento desagradável com chefias e colegas, atrasos de pagamentos, entre outros.
  • O stress pode também, em situações mais avançadas causar mal-estar e doenças físicas, tais como: hipertensão, úlceras, e tensão muscular. Paralelamente o bem-estar psicológico pode ser afetado por emoções resultantes do stress, tais como: medo, angústia, exaltação, ansiedade, desmotivação, mau relacionamento familiar e comportamentos aditivos (e.g., consumo excessivo de álcool e drogas). É provável que estas emoções se reflitam no bem-estar do indivíduo. Em situações mais extremas o indivíduo pode sentir burnout, devido ao esgotamento dos seus recursos para lidar com situações longas e intensas de stress.

Como pode ajudar o acompanhamento psicológico?

  • O acompanhamento psicológico incide na exploração do contexto, dos sentimentos e emoções associadas ao stress sentido pelo indivíduo e também na integração dos comportamentos e recursos que podem auxiliar na regulação dos níveis de stress e o seu relacionamento com as variáveis que provocam o stress, de forma a ajudar  a pessoa a lidar eficazmente com o stress.

Capítulos de livros publicados

  • Mendoza-Ruvalcaba, N., von Humboldt, S., Flores-Villavicencio, M. & Díaz-García, I. (2021). Psychological fatigue. In D. Gu & M. E. Dupre (Eds.), Encyclopedia of gerontology and population aging. (pp. 1-5). New York, NY: Springer, Cham. [E-pub ahead of print] (Visualizar em Detalhe).

Artigos em revistas com arbitragem científica

  • von Humboldt, S., Leal, I., Laneiro, T., & Tavares, P. (2013). Examining occupational stress, sources of stress and stress management strategies through the eyes of Consultants: A multiple correspondence analysis for latent constructs. Stress & Health, 29, 410-420. JCR® Impact Factor (2016): 2.114 (Visualizar em Detalhe)

Resumos em eventos com arbitragem científica

  • von Humboldt, S., & Leal, I. (2013). Examining consultants’ occupational stress and stress management strategies. Psychotherapy and Psychosomatics, 82(1), 123-123. JCR® Impact Factor (2016): 8.964; SCImago: Quartile 1 (Visualizar em Detalhe)
  • von Humboldt, S., & Leal, I. (2013). Analyzing occupational stress, sources of stress and stress management strategies through the eyes of consultants. European Psychiatry, 28 (S1), P-2117-P-2117. JCR® Impact Factor (2016): 3.123; SCImago: Quartile 1 (Visualizar em Detalhe)

Comunicações

  • von Humboldt, S., & Leal, I. Examining consultants’ occupational stress and stress management strategies. ICPM 2013 World Congress of Psychosomatic Medicine. Lisbon, 2013 (Visualizar em Detalhe).
  • von Humboldt, S., & Leal, I. Analyzing occupational stress, sources of stress and stress management strategies through the eyes of consultants. Presentation of poster and e-poster at the 21th European Congress of Psychiatry, Nice. April, 2013 (Download).